Personal tools
You are here: Home Blog (português) TEDxSP



 

TEDxSP

Posted by Ricardo Bánffy at Nov 16, 2009 09:45 PM |

TEDxSP

O palco do TEDxSP, antes da tempestade

Eu preciso começar dizendo que estou me sentindo pequeno.

Desde as primeiras palavras vindas do palco - "Pneumotórax", de Manuel Bandeira, declamado pelo pianista Vitor Araújo, um pernambucano de Recife, de 20 anos de idade, que abriu o primeiro bloco - eu sabia que não haveria como ser diferente. Eu gostaria de registrar essa experiência agora, enquanto a memória é forte o bastante para que eu possa escrever sobre ela "pelo lado de dentro". Levou um certo tempo, da noite de sábado, quando eu mal conseguia falar, atordoado, até a noite de segunda, para me sentir capaz de fazer isso. Não voltei ao "normal" e, com sorte, talvez nunca mais volte, mas já consigo escrever. Isso é um começo.

Idéias: eu fui uma das 700 pessoas que foram expostas a um oceano delas. E isso foi dalí, de pertinho, da segunda fileira do teatro, de onde eu conseguia ver as lágrimas comovidas de quem subia ao palco com voz falhando. Lágrimas comovidas como as da própria platéia. Uma experiência estranha e assustadora ao mesmo tempo. Eu não imaginava que teria uma reação emocional tão forte. Eu nunca imaginaria que tantas pessoas à minha volta teriam uma reação emocional parecida - e as lágrimas estavam lá, no palco e na platéia, provando o quão errado eu estava. Talvez precisássemos disso. Talvez precisássemos muito sem nem mesmo saber.

Idéias poderosas, idéias grandes, idéias importantes, idéias bonitas, idéias de tirar o fôlego. "Idéias que mercem ser espalhadas". Esse é o mote do TED desde sempre, desde muito antes de eu descobrir que ele existia, levado por um vídeo tirado de uma apresentação de Jeff Han. Idéias ficam maiores quando compartilhadas. E lá estavam centenas de pessoas formando a massa crítica de um enorme reator de ideias.

A cabeça explodiu.

No fim do sábado eu voltei para casa. Voltei uma pessoa diferente. Voltei em pedaços, desconstruído, em uma caixa de legos, apequenado frente ao mar de possibilidades a serem realizadas a partir deles. Projetos novos, pessoas para procurar, ajuda a oferecer e idéias para trocar.

Mas tudo a seu tempo. Agora foi a hora de escrever e compartilhar a infinitesimal fração que eu pude colocar em palavras.

Porque essa idéia merece ser espalhada. É uma idéia cujo tempo chegou.

TED

Posted by Anonymous User at Nov 17, 2009 09:29 PM
Acho a proposta do TED fantástica. As apresentações são sempre uma surpresa e são sempre muito boas. Realmente é uma conferência de idéia genial.
Tenho muita vontade de participar de uma como você, então acho que você foi realmente privilegiado de ter ido numa.

[]s
Lucas Arruda
lucasarruda.com